Candidatos a prefeito no Rio de Janeiro 2020 – Lista de nomes, partidos e como votar

O ano de 2020 tem eleições municipais. Mesmo tendo a data de votação alterada pelo Supremo Tribunal Eleitoral em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) já somam 30 pré candidatos a Prefeito em RJ 2020. No Rio de Janeiro alguns nomes conhecidos da política já confirmaram que estarão na disputa pelo cargo na Prefeitura, mas os partidos têm até setembro para decidir quem serão escolhidos para participar da corrida.

Preparamos um manual completo de quem são os candidatos a Prefeito no Rio de Janeiro em 2020. Assim, você poderá usar a lista como um checklist e ter mais informações para um voto consciente no final do ano.

Candidatos a prefeitos RJ

Candidatos a Prefeito no Rio de Janeiro em 2020

A lista oficial de nomes será divulgada pelo STE em setembro. Por isso, até lá os nomes são tidos como pré-candidatos a Prefeito do RJ 2020. Até lá, tudo pode mudar.

Alesando Molon (PSDB)

Alessandro Molon

Alessandro Molon é deputado federal do PSB e líder da oposição do atual governo. Em 2020 ele vai tentar pela terceira vez a candidatura à prefeitura do Rio de Janeiro. A primeira vez, lançou seu nome aliado ao PT e ficou em 5° lugar. Em 2016, foi candidato pela sigla REDE e tirou o 8° lugar no placar eleitoral.

Molon tem influência na política desde o início de sua carreira profissional. Entre os projetos em que esteve envolvido foi articulador do Marco Civil da Internet e foi deputado estadual por oito anos na Assembleia Legislativa do Rio de Janeir, onde ficou conhecido pela defesa dos direitos humanos e fiscalização da casa legislativa.

  • Nome completo: Alessandro Lucciola Molon
  • Naturalidade: Belo Horizonte (MG)
  • Data de nascimento: 28/10/1971
  • Formação e área de estudo: historiador, professor e radialista

Clarissa Garotinho (PROS)

Clarissa Garotinho

A jornalista Clarissa Garotinho vem de uma família tradicionalmente envolvida na política do Rio. Apesar de ainda não ter confirmado a sua segunda tentativa para a corrida à prefeitura do estado se mostrou disposta a representar a sigla nas eleições municipais de 2020.

Clarissa ingressou jovem na carreira política, como diretora da UNE e presidente do PMDB jovem, quando seu pai era líder do partido. Em 2008 elegeu-se vereadora do Rio de Janeiro e em 2010 conquistou posto como deputada estadual. Em 2014, subiu um degrau na hierarquia elegendo-se deputada federal.Atualmente, atua como Secretária de Desenvolvimento, Emprego e Inovação no governo Crivella.

  • Nome completo: Clarissa Barros Assed Matheus de Oliveira
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 2/07/1982
  • Formação e área de estudo: jornalista

Eduardo Paes (DEM)

Eduardo Paes

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, vai se candidatar novamente ao cargo pelo mesmo partido, apesar de ter sérios opositores ao seu nome dentro da sigla.

O currículo político de Eduardo Paes é extenso. Iniciou como líder na Juventude Cesar Maia ainda nos anos 1990, quando foi subprefeito da Zona Oeste. Elegeu-se vereador em 1996 e deputado federal em 1991. Em 2001, foi Secretário de Meio Ambiente na 2ª gestão de Maia.

Em 2006 foi candidato a governador e perdeu de lavada, obtendo somente 5% dos votos. Ficou algum tempo sem cargos políticos até candidatar-se novamente a prefeito do Rio, em 2008. Dessa vez ganhou logo no primeiro turno. Em 2018 foi adiante e tentou vaga para governador,mas perdeu no 2° turno para Wilson Witzel.

  • Nome completo: Eduardo da Costa Paes
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 14/11/1969
  • Formação e área de estudo: formado em direito, mas exerceu pouco a profissão, já que seguiu carreira política

Fred Luz (NOVO)

Fred Luz

O Ex-CEO do flamengo é outro nome que está cotado como o principal candidato do partido NOVO. O empresário é sócio e diretor da Inbrands, um conglomerado de fortes marcas multinacionais como a Reicards, Ellus, VR e Salinas. Em seu currículo também diz que foi diretor das Lojas Americanas por 15 anos.

Em 2018 o futebolista deixou o time para coordenar a campanha presidencial do partido ao lado de João Amoedo e assim começou o seu envolvimento político para além dos campos de futebol.

Depois de ajudar a coordenar a candidatura de João Amoedo par a presidência da república, agora é o próprio Fred que quer ter o nome colocado à disputa.

Hugo Leal (PSD)

Hugo Leal

O deputado federal do PSD, Hugo Leal é um dos nomes mais fortes na candidatura da sigla para o ano de 2020. O currículo do economista na política é extenso,visto que já assumiu diversos cargos em diferentes siglas – PDT, PSV, PSC, PROS, PSB e outros.

A carreira política se iniciou ainda na faculdade, quando foi líder estudantil no CACO na Nacional de Direito da UFRJ. Foi nesse mesmo tempo de vida que se filiou ao PDT e tornou-se diretor do Depósito Público na direção de Brizola.

No seu currículo ainda consta que foi secretária de Administração e Reestruturação na gestão de Anthony Garotinho, presidente do Detran RJ e secretário de Justiça e Direitos do Cidadão. EM 2005, ganhou as eleições para deputado federal  e no ano seguinte para deputado federal.

  • Nome completo: Hugo Leal Melo da Silva
  • Naturalidade: Minas Gerais (MG)
  • Data de nascimento: 06/08/1962
  • Formação e área de estudo: advogado, economista e compositor.

Marcelo Crivella (PRB)

Marcelo Crivella

Apesar da impopularidade de seu atual mantado como prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella já confirmou que vai tentar se reeleger em 2020.

O engenheiro antes de se tornar conhecido pela política já era conhecido pela sua família, já que seu pai é Edir Macedo – o dono da Igreja Universal do Reino de Deus.

Pode-se dizer, assim, que sua carreira política começou de berço. Entretanto, seu primeiro cargo oficial foi em 2002 como senador do Rio de Janeiro com 3,2 milhões de votos. No mesmo período foram lançados várias notícias associando seu nome a fraudes com envolvimento no Mensalão. Entretanto, nada foi confirmado.

Em 2002 se reelegeu no cargo e completou o mantado até assumir posse do cargo de prefeito da capital fluminense que ganhou nas eleições de 2016 em segundo turno, contra Marcelo Freixo.

Atualmente, o nome do candidato é citado em um esquema de envolvimento criminoso que libera verbas públicas a empresas com créditos a receber mediante pagamento de propina, o que poderá o desqualificar por improbidade administrativa. Em 2019 livrou-se por pouco do impeachment na Câmara e, nas suas redes sociais, agradeceu à Deus pela absolvição.

  • Nome completo: Marcelo Bezerra Crivella
  • Naturalidade: Distrito Federal (DF)
  • Data de nascimento: 09/10/1957
  • Formação e área de estudo: engenheiro e escritor religioso

Mariana Ribas (PSDB)

Marina Ribas

Mariana Ribas é uma das principais surpresas das eleições municipais RJ 2020. Até pouco tempo a secretária de Cultura do governo Marcelo Crivella deixou o cargo para tentar se lançar de vez na política.

Descontente com como as coisas iam dentro do seu cargo de administração na secretaria de cultura, optou por montar um dossiê contra a Fundação Roberto Marinho por não liberar verba para a sua pasta.

Apesar de ainda não ter muita experiência política, Marina dedica-se à gestão pública há 16 anos. Sua primeira experiência foi em 2013, na Secretaria Municipal de Cultura. Depois, em 2003, assumiu cargo de presidência da RioFilmes e tornou-se executiva da Audiovisual do Ministério da Cultural no governo Temer.

Martha Rocha (PDT)

Martha Rocha

Martha Rocha já é conhecida da política do Rio de Janeiro. Agora, ela mina o palco para tentar assumiu a prefeitura do estado. Em 2014 foi eleita pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro e reeleita em 2018 sendo também a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Graduada em história e especialista em Direitos Humanos ela tem um projeto grande de proteção aos direitos civis e uma carreira acadêmica tão promissora quanto o seu currículo político.

  • Nome completo: Martha Mesquita da Rocha
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 30/04/1959
  • Formação e área de estudo: historiadora e administradora

Rodrigo Amorim (PSL)

Rodrigo Amorim

Rodrigo Amorim vai disputar pela chapa do PSL a prefeitura do Rio. Famoso por seu discurso ultra-direitista e um dos fãs do clube de Bolsonaro. Inclusive, foi estreitando os laços com a família, mais especificadamente com Flávio Bolsonaro, que conseguiu seus primeiros cargos.

Seu primeiro cargo político foi como Secretário Municipal Adjunto de Governo e como Secretário Municipal de Cidadania e Direitos Humanos. Já passou por institutos como o Procon e Cão Guia Brasil.Em 2018 como deputado estadual, sendo o mais votado do ano da disputa.

No mesmo ano em que foi eleito ficou conhecido por rasgar uma placa de rua que homenageava a vereadora Marielle Franco, assassinada no mesmo ano pela milícia carioca.

  • Nome completo: Rodrigo Martins Pires de Amorim
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 21/11/1978
  • Formação e área de estudo: advogado.

Otoni de Paula (PSC)

Otoni de Paula

Otoni de Paula, mais conhecido por ser pastor da Assembleia de Deus é um político de discurso atrasado e conservador. Seu primeiro cargo político foi em 2016, como vereador. Em 2016 elegeu-se deputado federal pela mesma sigla e tentou a prefeitura no ano seguinte, mas fracassou.

Filho de pastores e cantores gospel famosos ele cresceu na igreja e desde cedo adotou as pautas a que cabem a bancada evangélica. Quando iniciou seu envolvimento político transportou-o para sua nova profissão e, com isso, garantiu muitas polêmicas.

Em 2018, três meses antes de sua eleição ele publicou um vídeo aos fiéis de sua igreja para que comparecessem ao lançamento de sua pré-candidatura. Lá, fez um pedido de impeachment de Crivella e ainda foi o único, no mesmo ano, a se posicionar contra o projeto que nomeou Marielle Franco à tribuna da câmera de vereadores do Rio de Janeiro.

  • Nome completo: Otoni Moura de Paulo Júnior
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 22/11/1976
  • Formação e área de estudo: pastor

Cristiane do Brasil (PT do B)

Cristiane do Brasil

Cristiane do Brasil é filha do ex-deptado federal Roberto Jefferson, cassado por envolver-se no escândalo do Mensalão. Cristiane é advogada e iniciou sua carreira política filiando-se ao PTB. Elegeu-se deputada federal e foi Ministra do Trabalhe do Brasil no governo de Michel Temer, no início de 2018, entretanto, não concluiu a posse devido pedido de interrompimento pelo Supremo Tribunal Federal.

  • Nome completo: Cristiane Brasil
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 21/12/1973
  • Formação e área de estudo: advogada.

Glória Heloíza (PSC)

Glória Heloíza

A ex-juíza, Glória Heloíza, confirmou o nome para a candiatura à Prefeitura de Rio de Janeiro. O nome foi cotada pelo presidente do PSC, Pastor Everaldo.

Em 2019 Glória atuava como desempargadora do Tribunal Regional Estadual, na 2ª Vara da Infância e da Juventude. Entretanto, abandonou o cargo para se lançar candidata a prefeita da cidade.

Em sua carreira também atuou como juíza em diversas instituições públicas do Estado do Rio de Janeiro.

  • Nome completo: Glória Heloíza Lima Silva
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 1969
  • Formação e área de estudo: advogada.

Marcelo Calero (Cidadania)

Marcelo Calero

O atual deputado Marcelo Calero já atuou na prefeitura do Rio em 2019, como coordenador adjunto de Relações Internacionais. Além disso, também já ocupou o cargo de Secretáro da Cultura em 2015 e em 2016 abandonou o posto para tornar-se ministro-chefe da Secretaria de Governo do Brasil.

Entre suas basndeiras está a defesa da cultura e da política de renovação. Na Câmara de Deputados ele é membro da Comissão de Cultura, Comissão de Educação e do Comitê de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

  • Nome completo: Marcelo Calero Faria Garcia
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 07/07/1982
  • Formação e área de estudo: advogado, diplomata.

Paulo Messina (MDB)

Messina

Paulo Messina iniciou sua vida política como vereador em 2008, mantendo-se por três mandatos consecutivos. Durante o pleito,  participou da Comimssão de Educação e Cultura e foi um dos fundadores da Lei de Incentivo a Cultura.

O nome de Paulo Messina ainda não foi confirmado, mas depois da vitória de Marcello Crivella nas eleições de 2016 para prefeitura, o seu nome foi indicado para Secretário da Educação. Apesar da indicação, tornou-se Secretário Chefe da Casa Civil onde trabalhou para minimizar o déficit de orçamento do município.

Messina deixou o cargi para defender Crivella no processo de ipeachment que sofreu na Câmara de Deputados. Mas mesmo assim, seguiu com cargos na Prefeitura e agora pretende sair candidato ao pleito de 2020.

  • Nome completo: Paulo Santos Messina
  • Naturalidade: Rio de Janeiro (RJ)
  • Data de nascimento: 18/10/1975
  • Formação e área de estudo: matemático e professor.

Pesquisa eleitoral no Rio de Janeiro

A primeira pesquisa eleitoral de 2020 para a cidade do Rio de Janeiro demonstra um cenário acirrado entre os nomes já confirmados.

Após a desistência de Marcelo Freixo (Psol) como pré-candidato o nome de Eduardo Paes avançou e é, por enquanto, indicado como a prinicpal inteção de votos no primeiro turno.

A pesquisa feita pelo Instituto VER indica as seguintes intenções de votos do eleitor carioca:

  • Eduardo Paes (DEM) – 31,3%
  • Marcelo Crivella (Republicanos) – 10,8%
  • Marta Rocha (PDT) – 6,8%
  • Chico Alencar (PSol) 4,5%
  • Alessandro Molon (PSB) – 2,9%
  • Benedita da Silva (PT) – 2,1%
  • Otoni de Paula (PSC) – 1,1%
  • Paulo Marinho (PSDB) – 0,7%
  • Rodrigo Amorim (PSL) – 0,3%
  • Hugo Leal (PSD) – 0,1%
  • Ninguém/Branco/Nulo – 26,9%
  • Não Sabe/Não Respondeu – 12,4%

O Psol ainda está por decidir qual será o nome lançado na disputa e muitos partidos ainda pretendem alterações que podem mudar muito o cenário eleitoral até a data de eleições de 2020.


Datas das eleições municipais

As eleições municipais em 2020 devem acontecer conforme o calendário do Supremo Tribunal Eleitoral, que já confirmou as datas para:

  • 1º Turno – 04/10/2020 (domingo);
  • 2º Turno – 25/10/2020 (domingo).

Candidatos a prefeito de outras cidades do Brasil

Eleições BrasilConfira a lista de nomes para candidato a prefeito de outras cidades brasileiras nos links, abaixo:

Deixe seu Comentário

WebGo Content