Candidatos a prefeito em Belo Horizonte 2020 – Quem são?

O ano de 2020 tem eleições municipais e a lista de pré-candidatos à prefeitura de Belo Horizonte já tem alguns nomes cotados para o cargo. Apesar de a lista oficial ser divulgada em somente em agosto já tem quem teha se pronunciado sobre a vontade de participar da corrida eleitoral. Aqui a gente te apresenta os principais nomes que compõem a lista de pré-candidatos a prefeito em Belo Horizonte.

Pré-candidatos a Prefeito em Belo Horizonte 2020

Nenhuma candidatura para 2020 ainda for firmada. Por isso são chamados de pré-candidatos a prefeito. Conheça os nomes, saiba quem eles são e outros dados importantes:

Alexandre Kalil (PSD)

candidato Alexandre Kalil

Atual prefeito da cidade, Kalil irá tentar a reeleição pelo Partido Social Democrático. Nas eleições de 2016, quando foi eleito, candidatou-se pelo PHS (Partido Humanista da Solidariedade) e conseguiu mais de 600 mil votos, 52,98% dos votos no segundo turno. Além de ter experiência como prefeito, também foi o 51º presidente do Atlético Mineiro, entre 2008 e 2014, o que o tornou um dos favoritos novamente.

  • Nome completo: Alexandre Kalil
  • Naturalidade: Belo Horizonte
  • Data de nascimento: 25 de março de 1959
  • Formação e área de estudo: Empresário e dirigente desportivo.

João Leite (PSDB)

candidato João Leite

Disputou as eleições de 2016 e foi para o segundo turno contra o atual prefeito, obtendo 350 mil votos. Está no 6º mandato consecutivo como Deputado Federal pelo Estado de Minas Gerais. E, além da experiência política, João Leite é ex-atleta. Ele foi goleiro do Atlético na década de 70 e 80. Desde 1992 é filiado ao mesmo partido, o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira).

  • Nome completo: João Leite da Silva Neto
  • Naturalidade: Belo Horizonte
  • Data de nascimento: 13 de outubro de 1955
  • Formação e área de estudo: Político e ex-goleiro.

Reginaldo Lopes (PT)

candidato Reginaldo Lopes

O petista foi o deputado federal de Minas Gerais mais bem votado em 2014. Candidatou-se à prefeitura de BH nas eleições de 2016, mas ficou em 7º lugar.

Ele é o autor da Lei de Acesso à Informação (LAI), que diz que qualquer pessoa pode ter acesso à informações públicas e órgãos e entidades sem necessidade de apresentar algum motivo. É uma ferramenta de combate à corrupção, aumentando a transparência.

Trabalhou muito durante sua vida, começando com apenas 9 anos de idade. Formou-se em Economia e entrou para a política em 2002, aos 28 anos de idade. Foi eleito como Deputado Federal e assumiu em 2003, estando ainda no cargo.

  • Nome completo: Reginaldo Lázaro de Oliveira Lopes
  • Naturalidade: Bom Sucesso
  • Data de nascimento: 2 de abril de 1973
  • Formação e área de estudo: Economista e político brasileiro.

Outros nomes

Há rumores de outros possíveis candidatos, como:

  • Délio Malheiros (PSB),
  • Mauro Tramonte (PRB),
  • Beatriz Cerqueira (PT),
  • Bruno Engler (PSL).

Apesar das boas opções de candidatos, ainda é cedo para afirmar algo. Mas ao que tudo indica, é que os nomes acima são todos fortes e todos têm chances de conquistar a prefeitura.

Todos são envolvidos politicamente e fazem parte da história de Belo Horizonte, o que os torna bons candidatos ao pleito.

Na hora de decidir o seu voto, tenha certeza de estar escolhendo o melhor para sua cidade.


Candidatos a prefeito de outras cidades do Brasil

Eleições BrasilConfira a lista de nomes para candidato a prefeito de outras cidades brasileiras nos links, abaixo:


Requisitos para ser candidato a Prefeito em BH

Prefeito é o representante legal de uma cidade. É ele quem decide como aplicar as verbas que recebe e também faz a arrecadação das mesmas. É responsável por administrar todo o município em todos os aspectos, como na mobilidade urbana, saúde, educação, cultura e outros.

É escolhido através de eleição, que acontece a cada 4 anos (tempo do mandato do prefeito). Para tornar-se um prefeito, é preciso se candidatar. E, para se candidatar, o cidadão deve:

  • Ter nacionalidade brasileiro (nato ou naturalizado),
  • Estar em pleno exercício dos direitos políticos,
  • Estar em dia com a Justiça Eleitoral,
  • Ter no mínimo 21 anos na data da posse,
  • Ser alfabetizado (saber ler e escrever),
  • Ter domicílio eleitoral no município onde pretende se candidatar,
  • Estar filiado a um partido pelo menos seis meses antes da data fixada para as eleições.

Datas das eleições municipais

O calendário para as eleições municipais de 2020 já foi confirmado pelo Supremo Tribunal Eleitoral (STE). Abaixo, segue as datas confirmadas do primeiro e segundo turno, respectivamente.

  • 1º Turno – 04/10/2020 (domingo);
  • 2º Turno – 25/10/2020 (domingo).

Lembrando, que o segundo turno só ocorre para as cidades e cargos se não houver resultado confirmado para um candidato ainda no primeiro turno.

Comece agora mesmo a analisar suas opções para a Prefeitura de Belo Horizonte 2020.

Deixe seu Comentário

WebGo Content